Espaço reservado à reflexão sobre questões que nos incomodam e nem sempre tivemos com quem nos aconselhar. Reflete a opinião de quem, embora não seja dono da verdade, se esforça por ser um servo fiel dela. Existe algo que sempre o incomodou e que ainda não encontrou resposta satisfatória? Este é o seu espaço, você poderá perguntar o que quiser e eu lhe direi o que penso, embasado na Bíblia Sagrada. Trazer-lhe a Palavra de Deus e tirar a sua dúvida, ajudando-o (a) a refletir acerca de seu dia-a-dia é o que mais desejo. Você pode usar o espaço "comentários" para enviar suas perguntas ou, se preferir, mande-as via e-mail: pr.sandromarcio@hotmail.com e aguarde a publicação da resposta no blog.
Que Deus nos ajude!

sábado, 7 de agosto de 2010

Saulo de Tarso matava os cristãos?

Em 07/08/2010
Elenice escreveu:
Olá, querido pastor! Ouvi, recentemente, que o apóstolo Paulo quando ainda era chamado Saulo, perseguia a Igreja e matava cristãos... Sempre achei que ele perseguia os cristãos para entregá-los ao Sinédrio e não para executá-los ou exterminá-los. Qual é o correto? É possível pela Bíblia sabermos qual foi a conduta de Paulo quando era ainda Saulo? 

Querida Elenice,

De fato Saulo, desde jovem, odiava os seguidores de Jesus, tendo participação secundária na morte do diácono Estevão (Atos 7:58, 8:1; 22:20).
Mais tarde, com autorização do sumo sacerdote e dos anciãos (sinédrio), e comissionado por eles, perseguia a Igreja de Cristo, tanto em Jerusalém, como até mesmo em cidades estrangeiras. Ele prendia, castigava e até obrigava os cristãos a blasfemarem. Contudo, não os executava sumariamente, antes os levava para Jerusalém, aos principais sacerdotes para serem julgados; lá ele testemunhava e votava a favor da execução.
Conforme Atos 8:3; 9.1, 2, 13, 14, 21; 22:4,5,19; 26:9-12; Gl 1:13; Fp 3:6; I Tm 1:13 (CONFIRA OS TEXTOS BÍBLICOS NO FINAL DA MENSAGEM).

Este é um grande exemplo do poder de Deus na conversão daqueles que Ele escolheu. Nem a vontade de Saulo, nem a sua antiga convicção religiosa, nem o ódio que tinha pelos cristãos, foram empecilho para a obra regeneradora do Espírito Santo!

Veja o que Paulo diz a esse respeito:
Porque ouvistes qual foi o meu proceder outrora no judaísmo, como sobremaneira perseguia eu a igreja de Deus e a devastava. E, na minha nação, quanto ao judaísmo, avantajava-me a muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições de meus pais. Quando, porém, ao que me separou antes de eu nascer e me chamou pela sua graça, aprouve revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, sem detença, não consultei carne e sangue, nem subi a Jerusalém para os que já eram apóstolos antes de mim, mas parti para as regiões da Arábia e voltei, outra vez, para Damasco. Decorridos três anos, então, subi a Jerusalém para avistar-me com Cefas e permaneci com ele quinze dias; e não vi outro dos apóstolos, senão Tiago, o irmão do Senhor. Ora, acerca do que vos escrevo, eis que diante de Deus testifico que não minto. Depois, fui para as regiões da Síria e da Cilícia. E não era conhecido de vista das igrejas da Judéia, que estavam em Cristo. Ouviam somente dizer: Aquele que, antes, nos perseguia, agora, prega a fé que, outrora, procurava destruir. E glorificavam a Deus a meu respeito. Gálatas 1.13-24
REFERÊNCIAS BÍBLICAS
Atos 7:58  E, lançando-o fora da cidade, o apedrejaram. As testemunhas deixaram suas vestes aos pés de um jovem chamado Saulo.
Atos 8:1 E Saulo consentia na sua morte. Naquele dia, levantou-se grande perseguição contra a igreja em Jerusalém; e todos, exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e Samaria.
Atos 22: 20  Quando se derramava o sangue de Estêvão, tua testemunha, eu também estava presente, consentia nisso e até guardei as vestes dos que o matavam.
Atos 8:3  Saulo, porém, assolava a igreja, entrando pelas casas; e, arrastando homens e mulheres, encerrava-os no cárcere.
Atos 9.
1 Saulo, respirando ainda ameaças e morte contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote
2  e lhe pediu cartas para as sinagogas de Damasco, a fim de que, caso achasse alguns que eram do Caminho, assim homens como mulheres, os levasse presos para Jerusalém.
13  Ananias, porém, respondeu: Senhor, de muitos tenho ouvido a respeito desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém;
14  e para aqui trouxe autorização dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome.
21  Ora, todos os que o ouviam estavam atônitos e diziam: Não é este o que exterminava em Jerusalém os que invocavam o nome de Jesus e para aqui veio precisamente com o fim de os levar amarrados aos principais sacerdotes?
Atos 22.
4  Persegui este Caminho até à morte, prendendo e metendo em cárceres homens e mulheres,
5  de que são testemunhas o sumo sacerdote e todos os anciãos. Destes, recebi cartas para os irmãos; e ia para Damasco, no propósito de trazer manietados para Jerusalém os que também lá estivessem, para serem punidos.
19  Eu disse: Senhor, eles bem sabem que eu encerrava em prisão e, nas sinagogas, açoitava os que criam em ti.
20  Quando se derramava o sangue de Estêvão, tua testemunha, eu também estava presente, consentia nisso e até guardei as vestes dos que o matavam.
Atos 26.
9  Na verdade, a mim me parecia que muitas coisas devia eu praticar contra o nome de Jesus, o Nazareno;
10  e assim procedi em Jerusalém. Havendo eu recebido autorização dos principais sacerdotes, encerrei muitos dos santos nas prisões; e contra estes dava o meu voto, quando os matavam.
11  Muitas vezes, os castiguei por todas as sinagogas, obrigando-os até a blasfemar. E, demasiadamente enfurecido contra eles, mesmo por cidades estranhas os perseguia.
12 Com estes intuitos, parti para Damasco, levando autorização dos principais sacerdotes e por eles comissionado.
Filipenses 3:6  quanto ao zelo, perseguidor da igreja; quanto à justiça que há na lei, irrepreensível.
1 Timóteo 1:13  a mim, que, noutro tempo, era blasfemo, e perseguidor, e insolente. Mas obtive misericórdia, pois o fiz na ignorância, na incredulidade.

9 comentários:

  1. Boa noite Pasror.
    quando o Apóstolo Paulo diz essa frase ele se refere aos mortos?
    2.10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra,
    um abraço
    Adailton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como lhe falei pessoalmente, aqui engloba toda a humanidade que vive, viveu ou viverá até a volta de Cristo!

      Excluir
  2. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que enviou seu Filho unigênito. Pastor, como pode o Pai enviar o Filho, sendo que o Pai é o Filho e o Filho se refere ao Pai?
    Me esclareça essa questão, pastor. Sou novo convertido e ainda não tive oportunidade de perguntar ao meu pastor.
    Por favor responda no email: gomesdasilva1010@hotmail.com
    Obrigado!
    Francisco Gomes

    ResponderExcluir
  3. ok obrigada estava precisando para tirar umasdúvidas

    ResponderExcluir
  4. SAULO DE TARSO SÓ SE CONVERTEU AO CRISTIANISMO, DEPOIS DE DESCOBRIR A GRANDE REVELAÇÃO:

    ELE TEVE A CERTEZA DE QUE O DEUS JEOVÁ ERA O PRÓPRIO SENHOR JESUS, QUE SE FEZ CARNE E ANDOU COM OS SEUS DISCÍPULOS, PERDOANDO OS PECADORES. MUITAS SEITAS RELIGIOSAS NEGAM QUE JEOVÁ É JESUS CRISTO. OS ADEPTOS DAS SEITAS QUE NEGAM A DIVINDADE DE JESUS, ESTÃO CEGOS COMO SAULO DE TARSO ESTAVA, VIVENDO NA IGNORÂNCIA DO JUDAISMO, E COMETENDO A COVARDIA DE MATAR OS FIÉIS SEGUIDORES DE JESUS CRISTO.

    O DEUS JEOVÁ REVELOU-SE PARA SAULO DE TARSO, TRANSFORMANDO-O NO APÓSTOLO DOS GENTIOS, E NO HOMEM MAIS INFLUENTE DA HISTÓRIA DO CRISTIANISMO. SE VOCÊ PERTENCE A UMA SEITA RELIGIOSA, QUE NEGA A DIVINDADE DE JESUS, VOCÊ ESTÁ SENDO ENGANADO, E ESTÁ "CEGO" ASSIM COMO SAULO DE TARSO TAMBÉM ESTAVA CEGO, NA SUA ARROGÂNCIA E IGNORÂNCIA. ENTREGUE A SUA VIDA PARA JESUS CRISTO. ELE É O ÚNICO DEUS, A RESSURREIÇÃO E A VIDA.

    SEM JESUS NÃO HÁ SALVAÇÃO - ACTS 4:12

    Junior Omni - 2017

    ResponderExcluir
  5. Saulo matava mais que o estado islâmico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro leitor, eu não tenho o número das vítimas de Saulo e nem o de mortos do estado islâmico para poder compará-los.

      Excluir
  6. Saulo cobrava pra mata os cristãos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não. A Bíblia não afirma que ele chegou a matar alguém, e sim que perseguia e torturava os cristãos, dando o seu voto favorável à execução deles, conforme falei no post principal. Mas, tudo ele fazia voluntariamente, por uma errada convicção, não por dinheiro.

      Excluir